segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

O avesso do sonho

Naquele breve instante
Inspirou como se fosse a primeira vez
Seus instintos se reconheceram
Os pés não tocavam o chão
Sentia sua aura se expandir
Os olhos inebriados pela beleza
A mente livre das complexidades
Ouviu como nunca o som do coração
Necessidade nenhuma de palavras
Imersão nas sensações
Um vão vislumbre do mistério
Uma fenda amostra da magia
E em um oposto despertar
voltou a dormir...

Débora Borsatti

25 comentários:

Macaco Pipi disse...

as vezes é melhor mesmo nao acordar!

PerpLife - PerLusion disse...

Sem pensamentos, só sensação. O mais profundo conhecimento de si.
Seria bom se conseguíssemos fazer isso.
Abraço
Matt

Adriano Ferreira, CM disse...

ah, a poesia... um pedaçco do infinito num grao de areia. deusa dos sonhos, musa dos despertos. bom ler essa.
abraço

Nicelle Almeida disse...

A realidade nos cerca de sensações que são capazes de nos levar para qualquer lugar.

Lindo poema, minha flor.

www.nicellealmeida.blogspot.com

Roberta Fernandes disse...

Adorei flor, mto legal!
Seu blog é lindo e ja estou te seguindo

beijosss

Ravi Barros disse...

Singelo.
Gosto de poemas que denotam emoção e sujbetividade, mas sem exageros!
ótimo texto!

Lillo Dogmez, o licantropo. disse...

TRANSCENDENTAL E SURREAL, I LIKE THIS! UMA LAMBIDA NA ORELHA PRA VOCÊ BABY. GOSTEI DO POEMA.

Nicelle Almeida disse...

Minha flor, bom dia!
Tem post novo lá no blog...te espero ;)

Beijos!!!

www.nicellealmeida.blogspot.com

Camila Porfirio disse...

Adoreei o seu blog, retribuindo a visita !
muito lindo, estou seguindo !

beijos

www.tudoocoomtudoo.blogspot.com

Aline Cruz disse...

Muito bom seu blog Débora..
Adorei..
Veleu pela visita... Beijos

joão victor borges disse...

A dormência do dormir é tão revigorante quanto um coma alcoólico.

Abraço! ;)

http://anpulheta.blogspot.com

Marcel L. disse...

Eu amo poesia. Gosta de Pessoa e Blake?
Parabéns, adorei, o final me surpreendeu. rs
beijo

Thainá Markoski disse...

aaahh...que lindo seu blog...adorei e estou seguindo *-*
Segue o meu também?
http://thainamarkoski.blogspot.com
Abraços!

joão victor borges disse...

O avesso do sonho, a realidade. "Volto a dormir".

http://anpulheta.blogspot.com

Ravi Barros disse...

Despetar as vezes pode significar sofrimento, é dormindo que temos sonhos e pesadelos, mas já que se há de arriscar, melhor viver do que sonhar!
kkk
não era intenção mas acebei criando um verso... seu blog é bem inspiador!

=)

Débora Borsatti disse...

E dos bons!

Truco ladrão disse...

Oo
mto boom o texto :D
parabéns , escreve mto beeem ;D

http://trucoladrao.blogspot.com
http://trucoladrao.blogspot.com

TRUCO LADRÃO ! ♣ ♥ ♠ ♦

Palavras ao vento disse...

Passando para desejar um ótimo fim de semana.'
Beijos.'

V¡ии¡¢¡µs ツ disse...

parabens pelo blog! continue a postar! acesse

Site da NET | Portal de Novidades

Os Confundidos disse...

Suas obras nos remete a várias interpretações...parabéns! Você sabe envolver atraves das palavras.

Abraços!
OS CONFUNDIDOS

Andre Mansim disse...

Os sonhos que se sonha acordado as vezes nos fazem dormir para ver se acordamos com a formula para a realização!

barbaranonato disse...

Uma bela forma de deparar-se com o mundo e optar voltar a dormir.
Gostei!

Adriano disse...

não entendi direito..

Bruno disse...

Não são apenas os sonhos que nos inundam de sensações sem nome, sem norte. Embora tenhamos nos viciado ao longo dos séculos a explicar tudo, como se a razão fosse a mola mestra, e não apenas um acalentados que nos faz iludir quanto a nossa natureza insondável.

www.costabbade.blogspot.com

Palavras ao vento disse...

Ótimo texto.'
Passando de dar um oi..e desejar uma ótima noite.'
=**