sábado, 22 de janeiro de 2011

Há dias em que não cabe mim a vontade de colocar uma mochila nas costas, ganhar o mundo e me perder nele.
Outro dia aparece aquele intenso desejo de me recolher, fechar as portas e as janelas, ficar dentro do meu mundo e me encontrar nele.
E de repente, surge uma estranha e deliciosa sensação de que estou exatamente no lugar em que deveria estar...

Débora Borsatti

19 comentários:

Wagner Moreira disse...

Um maximo!!!pensamentos reais e cotidianos.

http://artediorama.blogspot.com/

Wander Shirukaya disse...

É comum q se pense esse tipo de cois, mas de vz em quando se render às duas opções que vc falou são boas pedidas.

Grande abraço.

Débora disse...

Com, certeza...vamos nos equilibrando entre as opções!

Lirouw disse...

maneiro isso, curti

os manos loucos blogspot

Eliana disse...

Inconstâncias da vida...

Às vezes me sinto assim, me parece estranho mas depois volto ao normal.

Abraços!

Luciana Westphal disse...

Oii, então achei o seu blog em uma comunidade de divulgação né? RS'
então que bm que eu achei heeim? adorei a sua escriuta e sinceramente me identifiquei muito , rsrs
Quero dizer que voltarei muito em breve e estou te seguindo beijos e parabens.
Luuu

Indianara disse...

Adorei! *_*
Gosto desse tipo de reflexões do dia-a-dia.

Débora disse...

Valeu Luciana! Volte sempre ;)
Abraço a todos e obrigada pelos comentários!

barbaranonato disse...

Talvez seja essa dicotomia que nos faz mais completos, apesar de imperfeitos.
Gostei! Com poucas palavras você disse muito.

Marcel L. disse...

Resolvi seguir o seu blog.Parabéns pela poesia. Linhas vindas diretas do coração.
beijo

Macaco Pipi disse...

sumir pra se encontrar?

Débora disse...

É mais ou menos assim perder-se para se encontrar...

Felipe "Miro" 'Dreads' disse...

Quanta indecisão

Wagner Fonseca disse...

Sensação boa essa...
nos lembra que estamos realmente vivo e tentando curtir ao máximo isso que chamamos de vida!!!

seguindo vocÊ!

www.wwfmorales.blogspot.com

Mauro Monezi disse...

Bacana!

as vezes me sinto assim.

Kiko Lemos disse...

Acho que todos já tivemos essa sensação =)

baladeiradequinta. disse...

Adorei. andei olhando o seu blog e gostei de como voce ve as coisas. eu tambem tenho um blog, se quiser dar uma passadinha la, rs. (http://baladeiradequinta.blogspot.com/)

baladeiradequinta. disse...

Adorei. Andei olhando o seu blog e gostei de como voce ve as coisas. Tambem tenho um blog, se quiser dar uma olhadinha lá, rs. (http://baladeiradequinta.blogspot.com/)

♫ Angélica ♥ Kawai ♪ disse...

Tem horas que é nescessário ouvir os anseios devásos da alma... Bom ou ruim, tem horas que simplismente não dá pra ignorar... belo texto, e belo desabafo.. foi um desabafo né?