quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

Os poemas

Quantos poemas não lidos
Que triste saber
Quantos belos poemas jamais poderei ler
Quantos poemas eu choro
Por não ter sido capaz de escrever
Quanta emoção eu sinto
Quando leio um poema bem escrito
Quem dera ter sido eu
Mas como também eu sinto
É como se fosse meu

Débora Borsatti

31 comentários:

George Nunes Bueno disse...

É como se fosse meu também..
Parabésn pelo Blog!

Já estou seguindo!

;)

Tem twits? Face? http://leia-atentamente.blogspot.com/

Segue lá também..
Beijão!

♫ Angélica ♥ Kawai ♪ disse...

Bem nessa.. como a musica dos tribalistas... ou quase... belo poema....

Karla Hack dos Santos disse...

Também tenho esta sensação ao ler certos versos...

Maravilha seu post!

;D

diamondsfashionblog disse...

Amei,
Parabéns,
já to seguindo
segue o meu tbm ?
www.diamondsfashion.blogspot.com

LADY D. A. disse...

Concordo plenamete, e este é como se fosse meu

Victor Von Serran disse...

adorei...vou seguir...de vez em quando m aventuro em escrever algumas coisas como poemas....vai lá e me da sua opinião !

abraço



http://universovonserran.blogspot.com

twitter@vonserran

joão victor borges disse...

"Quem dera ter sido eu
Mas como também eu sinto
É como se fosse meu"

Senti exatamente isso ;)

http://anpulheta.blogspot.com

V¡ии¡¢¡µs ツ disse...

poemas bem legais! parabens! acesse

Site da NET | Portal de Novidades

Marcos Lima disse...

Adoro poesia, principalmente as que marcam algum momento especial em minha vida. É um jeito simples e gostoso de representar o que realmente passa em nossa mente!

Beijos
http://www.senhor-do-tempo.blogspot.com/

Mamá, A dona do caldeirão. disse...

Que maravilha isso aqui. Pena que demorei a conhecer, mas agora, garanto, não largo mais.

Parabéns p/ blog. De muito bom gosto.

Beijos.

Smoker Sam disse...

Nossa velho!!!
muito bom o seu poema
quem dera mesmo ser meu ^^
ah sim, o explorer 8 esta com um bug
quando eh acessado o nosso site
beijos e belo blog

Luciano Castro disse...

show!!!!!!!!
muito bom

FabioZen disse...

Uma vez o meu conterrâneo Mário Quintana disse que um poema depois de absorvido passa a ser nosso.Curti o blog.Parabéns!

Um conto curto e romântico!
http://oficinamissoes.blogspot.com/2010/12/romeu-e-os-pombos.html

Vrilbert Dark disse...

Muito profundo!
Adorei *-*

Slaveram disse...

Simplesmente esse é o poder da poesia.
Te levar a ter a sensação de que foi você a escrever tais versos.
Maravilhoso seu post e blog

http://pensamentorascunhado.blogspot.com

Rogerio disse...

belas palavras...poemas faz parte das nossas vidas...cada momento..

Suzana disse...

aaah que lindo o seu poemaa!
Escreve mto beem
*-*


http://suzanaaferreira.blogspot.com/

Palavras ao vento disse...

Olá.'
Adorei o blog..'
Obrigada pelo comentário.'
Seguindo.' *-*

BLoG do CHARQuE disse...

Eu mesmo nem li!


mas algo me diz que vc me copiou ou n? é a penas uma sensação sei lá!
hauahauhauuhaa


O melhor blog do meu .... Bairro!!!
http://blogdocharque.blogspot.com/ .

SarahA. :} disse...

kkk
por várias vezes, leio um poema e vejo a minha vida escrito nele; acho que foi isso que voce quis passar ... uma pessoa que passa pela mesma coisa que eu, mas que diferente de miim consegue passar prum papel.

William disse...

Realmente escrever poemas é uma arte.
Estou seguindo o teu blog, se puder retribuir, agradeço.
Ótima sexta feira. Visita lá.

www.tocadowilliam.com

Sebastião Soares disse...

Excelente, me identifiquei bastante. Sou tomado dos mesmos sentimentos nas mesmas situações.

Abraço

Nicelle Almeida disse...

Em tantos poemas nos encontramos, com tantas frases nos identificamos e nos enxergamos. Acredito que esta sensação faça parte da vida de muita gente.

Adorei, minha flor.

Um super beijo =)

www.nicellealmeida.blogspot.com

Nicelle Almeida disse...

Estou te seguindo.
Me visita e me segue tb? Ficarei mto feliz ;)

Beijos, querida.

Te espero lá ;)

www.nicellealmeida.blogspot.com

Mister Neurotic disse...

Gostaria de saber ler poemas. Na verdade, prefiro os contos. Mas este seu expressa muito bem sua paixão pela poesia.

Hugo Green disse...

Seguindo seu blog!

Segue o meu:

http://bloghugogreen.blogspot.com

Hugo Green disse...

Quando eu vejo poemas lindos e bem elaborados penso porque eu não criei esta arte escrita, não é inveja e sim surpresa como ninguém tinha pensado nisso antes.

Abraço.

Lillo Dogmez, o licantropo. disse...

adorei esse poema seu moça. Passa lá no meu blog e lê meus textos. Abraços e sucesso.

Nicelle Almeida disse...

Olá, querida!
Vim te desejar uma ótima semana.

Um beijão pra vc.

Te espero lá no blog, tem post novo!

www.nicellealmeidablogspot.com

Pasárgada disse...

"Mas como também eu sinto
É como se fosse meu"

Disse tudo com essa última frase, basta a gente sentir que qualquer coisa vira nossa!

Obrigada pela visita, volte sempre! E eu adorei seu blog! :)
ingridbrasilino.com

Macaco Pipi disse...

todos ja passamos essa!