terça-feira, 29 de abril de 2008

Vida louca Vida...

Débora Borsatti


Já dizia o poeta...
Essa jornada a qual somos convocados sem saber o ponto de chegada que fica por nossa conta.
O mais interessante é que este depende da nossa capacidade de escolha! É incrível, ser humano é realmente uma grande aventura...
Os companheiros de jornada são muitas vezes quem nos ajudam a chegar...alguns nos recebem aqui no início...outros vamos encontrando e escolhendo estar com eles ao longo do caminho.
Alguns, têm outros caminhos a percorrer e escolhem outros companheiros em outras estradas, e isso quase sempre parte o nosso coração nos deixando sem entender.
O mistério que envolve viver é realmente algo assustador e empolgante ao mesmo tempo...
Ser feliz torna-se uma escolha diária, sim porque tudo depende da maneira que encaramos as situações.
Viver e morrer a cada dia é nossa tarefa. Morrer no sentido de nos tornar melhores de dormir e acordar renovados para mais um dia da grande viagem.
Morrer em vida é deixar de lado velhos pensamentos, crenças, sentimentos, emoções, hábitos, que não já não nos pertencem e que simplesmente nos machucam e nos impedem de seguir a jornada em paz...
Viva, morra, sorria, chore, cante, dance, desenhe, pinte, ouça música, vá ao cinema, faça novos amigos, aprecie o pôr-do-sol, saboreie sua comida preferida, converse com o vizinho (mesmo que ele seja um chato) talvez um dia precise da ajuda dele, aprenda uma nova língua, viaje, toque um instrumento musical, escreva poemas ( mesmo que só pra você ler) , reflita sobre a vida, especialmente sobre a sua vida, tenha segredos com você mesmo, seja seu melhor amigo, seu companheiro e cúmplice, ame sem medo sempre porque pior que sofrer por amor é sofrer por medo de amar!
A vida é movimento é mudança. A rotina é entediante, acaba com o bom humor e a espontaneidade e nos torna mecânicos.
Sejamos humanos!!!

Nenhum comentário: