quarta-feira, 18 de março de 2009

Vida nascimento novo ambiente dependência mãe pai família aprendizado descoberta crescimento adaptação silêncio fala mudança atitude movimento ação.
Infância encontros família amigos casa escola matérias recreio tarefas brinquedos presentes sim não riso choro descobertas ilusão atenção professor curiosidade pergunta observação.
Juventude confusão indiferença namoro aprendizado início amadurecimento busca independência decisão indefinido rebeldia sensibilidade emoção alegria inibição amigo pertencer grupo identidade separação festa estudo escola escolha carreira preparação.
Adulto aprendizado amadurecimento independência decisão responsabilidade cuidado educação festa trabalho família casa filhos escolha solteiro casado sexo amor fidelidade traição sentimento emoção analise percepção.
Velhice final recomeço ciclo sabedoria entendimento saudade lembrança dificuldade tranquilidade paciência silêncio aprendizado observação sentimento alegria mágoa lentidão sensibilidade mudança preparação morte transformação renascimento vida.

Débora Borsatti

19 comentários:

Cáah disse...

que bonito... no inicio fiquei meio perdida,nao tinha virgula nem ponto.
Depois com calma, fui pegando o espirito da coisa.
essa mistura de palavras que fazem parte da vida de qualquer pessoa.

bjoos
http://nadadelicada.blogspot.com/

Marton Olympio disse...

o bom e velho ciclo da vida, não é mesmo.
comum a todos, todas e tudo.

http://martonolympio.blogspot.com/2008/11/vida.html

DIOMAR disse...

Que texto lindo!li num folego só, ou melhor bebi cada palavra,este tema" vida" me fascina. E mostrado dessa forma ta ótimo.

Tchezar disse...

um belo mapa da vida! bacana a proposta!

Jack disse...

muito bom mostra o ciclo... da ...
vida ;)
depois da uma passadinha la no meu blog e comenta okay ;)
http://balaidenego.blogspot.com

Aspone disse...

Putz, q foda, nem sei oq dizer!!!

F. Grijó disse...

A não-virgulação, além de dar mais velocidade ao texto - essa é a idéia, parece-me -, propõe algo que os futuristas italianos propunham: a vida é mudança sem que percebamos isso, sem pausas, plena de atropelos necessários.
Gostei do texto.
Tinha tudo para ser óbvio e piegas, mas deu certo.
Vale a leitura.

Ricardo disse...

Genial!!!
Como faz bem lermos algo tão simples porém tão peculiar...

Parabéns pelo blog...

Ricardo

Volta ao Mundo Google Earth

Caroline Mendes disse...

Às vezes nos sentimos únicos, achamos que é só om a gente. Mas no fim todos que entram nessa essência louca que é a vida, passam pelas mesmas coisas. Talvez não na mesma ordem, mas em síntese, é isso mesmo.

Muito legal o texto!
Parabéns pelo blog!!!

http://cantodoescritor.blogspot.com/

SAMIR DE SENA OSÓRIO disse...

Muito bonito mesmo, simples e profundo. Lendo a gente entra meio que num transe rs.

Mafia171 disse...

otimo texto, muito muito

Lidianne Andrade disse...

muito legal seu blog

Giuliana disse...

bonito texto.. no começo tambem fiquei perdida mas voce necessita impor um ritmo a sua leitura!
ótimas palavras, vocabulario e coerencia!
adorei, parabens :*

J. C David disse...

idem a Cáah...mas legal, parabéns, e obg, pelo comentário...

Eu amo a E.Y. disse...

Gostei muito do seu texto. Apenas acrescentaria que algumas pessoas travam ou pulam determinadas fases, mas a essência você descreveu com bastante propriedade, isso sem falar no estilo. Achei genial a supressão das vírgulas.

Parabéns pelo Blog.

nobreza disse...

O eterno retorno.

Simples assim.

Excelente!

http://grooeland.blogspot.com

Thalita disse...

ahkelindo...

Inez disse...

Adorei seu texto, uma excelente colocação sobre o ciclo da vida, por tudo o que passamos.
Parabéns!

V disse...

Assim, em poucas palavras: simplesmente divino.

Espero uma visita
www.teuculazarento.blogspot.com